quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Mais amor por amor.

Para mim, inteligência se mede com o quanto se consegue ver os dois lados de qualquer problema-solução. Ou seja, quanto mais empatia você tiver, mais inteligente a meu ver. Meu mundo ideal, aquele que eu procuro onde todos tentem viver em paz, se basearia nessa inteligência para existir. Esse mundo foi o máximo que minha inteligência permitiu imaginar, mas eu acredito obviamente que possa existir outra solução-problema para isso. :)

2 comentários:

  1. Eita, mas hoje em dia o povo anda tão preto-branco, fla-flu, pt-psdb... Tá difícil sentar pra conversar numa boa, infelizmente...

    Mas felizmente te vi lá no HHeP e vim checar! Tô sem blog no momento (postagens no FB, pra testar) mas aos poucos vou lendo e comentando por aqui. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal! Pois é, sem contar que a vida fica sem graça com tanta mesmice, com tanta fórmula e padrões...

      Seja bem-vindo, Edu! :)

      Excluir