domingo, 27 de março de 2011

Entre nós.

— Amorzinho, minha paixão!

— Oi, minha serotonina.

— Toda vez que te sinto, nuvem glacê de morango, parece que o seu quero-quero balbucia prosopopeias sabor chocolate...

— Onomatopeias, brilhante escarlate, Onomatopeias...

— Centopeias não me varam melhor, andarilho do meu espectro cardíaco.

— Meu linfócito TCD4, meu chá de sete ervas às 17h!

— Te amo.

— Preciso de ti.

— Te quero cabalisticamente, meu faraó!

— Eu sei, minha força galáctica, fabulosa nebulosa!

— Vem cá, meu leite de coco atapiocado.

— Jujuba de doce de leite!

— Minha resma de notas infindas, meu corolário!

— Meu apócrifo!

— Eu amo...

— Nós amamos...

— A nós?

— A nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário